Poderia a humilde blueberry fornecer uma cura para a diabetes do tipo 2?

Pesquisadores de uma universidade da Escócia estão buscando voluntários para participarem de um estudo com a finalidade de descobrir se o blueberry poderia desempenhar um papel fundamental na luta contra o diabetes.

Os cientistas do mundialmente renomado Instituto Rowett de Nutrição e Saúde da Universidade de Aberdeen estão tentando provar se o extrato de blueberry pode reduzir a ingestão de açúcar quando tomado com uma refeição e, portanto, se proporciona benefícios à longo prazo na prevenção do desenvolvimento da diabetes tipo 2 – uma doença que afeta mais de 200 mil pessoas na Escócia.

A equipe por trás do estudo está buscando recrutar homens com idade entre 40 e 70 anos que acreditam estar acima do peso – ou mulheres na menopausa que também tenham preocupações com o peso para tomar parte no estudo.

Eles também estão tentando recrutar pessoas da mesma faixa etária que também possuam diabetes do tipo 2, mas que a controlam somente fazendo dieta.

Dr. Nigel Hoggard, que conduz o estudo, disse: “Este estudo em particular poderia nos fornecer resultados extremamente importantes, no entanto, como é sempre o caso com essa área de pesquisa, nós realmente precisamos do público para nos ajudar oferecendo-se para participar”.

Ele acrescentou: “Estamos sempre interessados ​​em ouvir de alguém que queira tomar parte em qualquer de nossos estudos e teríamos o maior prazer de fornecer à pessoa que participar, qualquer informação que ela possa precisar”.

 Processo de teste

Um porta-voz da universidade disse: “Todos os voluntários irão receber dois tipos de cápsulas (extrato de blueberry  e cápsula controle), tomando ambas as cápsulas com uma pausa entre o consumo. Voluntários serão então convidados a entrar no início e no final de cada um dos três períodos semanais para doar sangue durante um período de quatro horas para que a equipe de pesquisa possa medir seu nível de açúcar no sangue e outros índices relacionados à saúde.

“Isto irá ajudar a determinar se a cápsula blueberry terá algum efeito sobre os marcadores de saúde, e como se dá o metabolismo do açúcar em comparação com a cápsula controle. O estudo envolve tomar um extrato de blueberry em uma cápsula e cinco visitas ao Instituto Rowett.”

Cerca de 250 mil pessoas na Escócia têm diabetes – quase uma pessoa em cada 20. A maioria – cerca de 217.500 – têm diabetes tipo 2, que ao contrário do diabetes tipo 1, tende a se desenvolver mais tarde na vida, muitas vezes ligada à ausência de um estilo de vida saudável.

Remédios tradicionais

Remédios populares tradicionais já citaram o blueberry como parte dos nutrientes como um tratamento para diabetes e problemas digestivos. Na Escócia, o blueberry pode ser encontrado em todo o país, mas é mais abundante nas Highlands, crescendo tanto em pântanos quanto em florestas.

Os frutos podem crescer até um centímetro de diâmetro e amadurecer para uma cor azul escuro, entre julho e agosto. Eles são amplamente consumidos por um número de pássaros, incluindo perdiz negra, capercaillie e membros da família do tordo.

O sumo de suas bagas também tem sido utilizado como um corante, proporcionando uma cor azul para uso em lençóis e papel.

 

http://www.scotsman.com/


Similar Posts

Topo