‘Pâncreas artificial’ promete transformar o tratamento de diabetes

Diabéticos podem ser dispensados da necessidade constante de verificar os níveis de glicose no sangue

Um “pâncreas artificial” que poderia um dia melhorar em muito a vida de milhões de pessoas com diabetes tem sido testado com sucesso em um ambiente caseiro pela primeira vez.

O dispositivo monitoriza os níveis de glicose no sangue e usa um enlace de dados de infravermelhos para transmitir informações para uma bomba de insulina ligado ao corpo do paciente, que ajusta os níveis de insulina em conformidade.

Ele já havia sido testado em hospitais, mas cinco pessoas no Reino Unido com diabetes tipo 1 já o utilizam com sucesso em casa, mundialmente pela primeira vez para uma tal invenção.

O experimento bem sucedido realizado dentro de casa oferece às pessoas com diabetes Tipo 1 – onde o pâncreas não consegue produzir insulina suficiente – a perspectiva tentadora de não mais ter que se preocupar com o equilíbrio da glicose no sangue e de insulina em seus corpos, e também poderia salvar milhares de amputações de membros, insuficiência renal, problemas visuais, derrames e mortes prematuras.

Pesquisadores da Universidade de Cambridge, financiados pela ONG Diabetes UK, vêm trabalhando sobre o pâncreas artificial durante vários anos.

Até o final deste ano, 24 pessoas terão participado dos estudos iniciais deste dispositivo. Estamos somente a alguns anos antes que este aparelho se torne disponível como um tratamento para a diabetes do tipo 1, e será inicialmente utilizado apenas para evitar que os níveis de insulina das pessoas caiam a níveis demasiado baixos durante a noite. Mas os pesquisadores disseram que a tecnologia poderia ser desenvolvida “dentro de no máximo mais uma década” a um ponto em que os usuários não precisariam mais controlar manualmente os níveis de glicose no sangue.

A diabetes tipo 1 é uma condição contínua que faz com que o nível de açúcar no sangue de uma pessoa fique demasiadamente elevada. Ela se desenvolve quando o pâncreas não produz insulina suficiente, o que permite que a glicose entre nas células do corpo. Isto leva a uma acumulação de glicose no sangue.Se ficar sem tratamento ou tratada inadequadamente, isto pode conduzir a um número de problemas de saúde, uma vez que o excesso de glicose no danifica os vasos sanguíneos, nervos e vários outros órgãos.

Cerca de 10 por cento dos 2,9 milhões de pessoas no Reino Unido diagnosticadas com diabetes têm o tipo 1. Ela costuma se desenvolver mais cedo na vida e é distinta da diabetes mais comum, a do tipo 2, que normalmente afeta pessoas com excesso de peso.

O pâncreas artificial poderia um dia ser usado para ajudar às pessoas com diabetes tipo 2, dizem os pesquisadores, mas ainda terá um longo caminho para isso.

Dr. Alasdair Rankin, o diretor de pesquisas da Diabetes UK, disse que, embora a tecnologia ainda esteja em seus primeiros dias, o sucesso com os testes caseiros deixou um marco na história da pesquisa do diabetes.

“À medida que a tecnologia avança, esperamos fazer o diabetes tipo 1, uma condição cada vez mais controlável até que finalmente chegaremos ao ponto onde as pessoas possam verificar o seu pâncreas artificial quando se levantam pela manhã e, em seguida, não tenham mais que pensar sobre a sua diabetes durante o resto do dia”, disse ele. Ele descreveu os cinco participantes do estudo, que passaram quatro semanas usando o pâncreas artificial em casa sem supervisão médica, como sendo os “pioneiros na vanguarda da pesquisa do diabetes tipo 1”.

De acordo com a Diabetes UK, o Sistema Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS) gasta R $ 10 bilhões em cuidados com o diabetes a cada ano – cerca de 10 por cento do seu orçamento.

Mark Wareham, 42 anos, morador em Cambridge, é um dos participantes no estudo e disse que os benefícios do uso do pâncreas artificial tinham sido enormes.

“Eu me senti fantástico e meus níveis de energia aumentaram consideravelmente”, disse ele. “Parecia que eu estava de férias da diabetes por todo o mês … Acordar quase todos os dias com os níveis de glicose no sangue dentro de sua meta foi algo novo para mim e me deu uma sensação de estabilidade que eu não possuía ao usar apenas uma bomba de insulina [a sua própria]”.

 

http://www.independent.co.uk/


Similar Posts

Topo