Miss América oferece dicas para conviver com o diabetes

Nicole Johnson coroada Miss América em 1999

A ex-Miss America Nicole Johnson compartilhou suas experiências e lutas com os que vivem com diabetes tipo 1 em uma feira de Diabetes realizada no Illinois Valley Community Hospital (IVCH).

No sábado anterior, 135 moradores se reuniram em uma outra feira realizada no Salão da igreja de S. José, no Peru. Eles conheceram diversos fornecedores de materiais e suprimentos para diabéticos, falaram com nutricionistas, realizaram exames e aprenderam um pouco mais sobre algumas ferramentas úteis para ajudar a gerenciar a sua diabetes.

“Eles nem sempre acertam na primeira vez”, disse Deborah Redd, educadora de diabetes do IVCH e coordenadora do evento.

Redd disse que controlar o diabetes dá um monte de trabalho, sendo que a atividade é diária. Ela disse que o objetivo da feira foi mostrar que existem produtos locais e nacionais para monitorar a diabetes, e que também há empresas disponíveis para ajudar.

O hospital deu a cada participante uma bolsa cheia de amostras e informações sobre o controle de sua doença. Prêmios também foram dados, que foram sorteados e entregues aos escolhidos pela palestrante Nicole Johnson, uma grande defensora da causa do diabetes e Miss America em 1999.

Johnson disse à multidão sobre sua batalha de como aprendeu a conviver e controlar seu diabetes. Ela foi diagnosticada por um jovem estudante universitário que lhe disse que ela teria que desistir de seus sonhos de ser uma jornalista, ou de se formar na faculdade, ter filhos e ganhar Miss America.

“Eu levei tudo isso como uma motivação pessoal”, disse Johnson sobre todos os que disseram que ela não poderia fazer alguma coisa porque tinha diabetes. Johnson disse que se esforçou no começo, mas logo desenvolveu uma atitude de sucesso.

Ela foi coroada Miss América, tem uma filha, um mestrado em jornalismo e de saúde pública e atualmente está fazendo um doutorado em saúde pública pela Universidade do Sul da Flórida.

Johnson admitiu que ainda luta com o diabetes e quase perde o evento ao ser internada no dia anterior devido às preocupações sobre um possível apendicite. No entanto, Johnson disse que sempre mantém uma atitude positiva que ela ainda pode ter mais sucesso.

“Diabetes não tem que ser o fim, mas talvez o início de um capítulo lindo”, disse Johnson.

Johnson oferece cinco dicas à multidão para ajudá-los a desenvolver uma atitude positiva em relação à gestão da sua diabetes.

  • Esteja ciente dos pontos fortes e fracos e focalize nos pontos fortes.
  • Encontre um amigo que não faça julgamentos para ajuda-lo a compartilhar suas lutas.
  • Viva a vida com um sentimento de gratidão cativante.
  • Pense de forma criativa e mantenha a mente viva e ativa
  • Use experiências pessoais para ajudar alguém.
Miss-America
Durante sua palestra na igreja de São José, no Perú, Nicole Johnson exibe a todos a coroa recebida em 1999.

Ela disse que manteve a disposição para competir em concursos de Miss American mesmo depois de ser diagnosticada, porque queria conscientizar as pessoas sobre o diabetes, e porque também diabetes não era uma deficiência.

Johnson continua esse trabalho hoje escrevendo livros de receitas, trabalhando com os conselhos de saúde e instituições de caridade e fazendo relatos em público.

Johnson mostrou uma pequena caixa, dizendo que ali continha o seu bem mais precioso, que sempre a lembrava de um momento perfeito quando todo seu trabalho duro e as lutas se juntaram para provar que ela poderia fazer o que ela se propôs a fazer.

Ela, então, mostrou para a multidão sua coroa de Miss América.

Johnson disse que a luta diária contra o diabetes é uma jornada diferente, mas com uma atitude positiva todos poderiam aprender a conviver com ela.

“Se eu tenho uma palavra de esperança para você hoje?! – seria: –  vai para casa e decida isso por si mesmo”, finalizou Johnson.

 

http://newstrib.com/


Similar Posts

Topo