Coma bem (ou pelo menos não muito mal) em lanchonetes Fast Food

Aqui está um pequeno segredo para aqueles que procuram comer direito: restaurantes fast food não precisam ser seu inimigo. Isso mesmo, aqueles templos iluminados que nos oferecem hambúrgueres e batatas fritas e nuggets podem também fornecer refeições saudáveis, se você está com pressa. A chave, como sempre, é ser cuidadoso e bem informado sobre as escolhas que você faz.

Ninguém, possivelmente nem mesmo os restaurantes, iriam lhe dizer para comer por lá três vezes por dia, sete dias por semana. Por isso o melhor a fazer é preparar sua própria comida saudável em casa, o máximo de número de dias da semana que você puder.Nós, pessoas com diabetes, estamos muito familiarizadas com o compromisso. E precisamos nos comprometer com a vida, visto o quão exigente essa nossa condição pode ser.

Atualmente os próprios restaurantes vem realizando uma tarefa importante nos últimos anos. Eles vem acrescentando em seus cardápios, mais e mais opções saudáveis. Eles também disponibilizaram de forma mais visível as informações nutricionais das refeições. Não se engane, eles não são instituições de caridade, é claro, o trabalho dessas cadeias de alimentação ainda é vender mais e mais comida que engorda o quanto puder, mas a situação está melhor do que costumava ser.

Aqui está uma lista de cinco refeições saudáveis ​​a partir de grandes cadeias de fast-food. Arranjei-os com base na quantidade de carboidratos, indo do menor para o maior. Não diria que só carboidratos seriam a informação nutricional mais importante, claro, mas com eles a maioria das pessoas com diabetes poderia calcular a dose de insulina a tomar, e também porque eles têm um impacto mais direto sobre o açúcar no sangue .

Porém alguns avisos antes de começarmos. Em primeiro lugar, essas refeições não são, pela maioria dos padrões, “baixo teor de carboidratos”. Elas devem ser pensadas ​​como sendo de baixo carboidrato ou moderado. Em segundo lugar, você sempre poderá ir a um restaurante e pedir uma salada simples, sem acompanhamentos, e ser saudável. Meu objetivo aqui é apontar itens de menu reais que você pode querer comer.

Todas as figuras são tiradas de sites dos respectivos restaurantes, o que significa que deve ser igual para a maioria das franquias. Dito isto, haverá alguma variação de prato para prato, portanto, use sua cabeça quando for fazer sua refeição.

1. Premium Caesar Salad McDonald (sem frango, 7 g de carboidratos / com frango grelhado, 24 g de carboidratos / com frango crocante, 31 g de carboidratos).

mcdonalds-Premium-Caesar-Salad-with-Grilled-ChickenEnquanto esta salada pode não ser o item de menor quantidade de carboidratos no menu do McDonald, é uma das opções de pratos saudáveis ​​disponíveis. A cadeia passou muito tempo e se esforçou muito fazendo suas saladas frescas, e muitas vezes, elas se comparam favoravelmente com o que você poderia encontrar em um supermercado ou em casa. Eu tentei várias vezes e estou quase sempre impressionado.

As outras duas saladas têm mais alguns carboidratos (3-4 gramas), mas estão no mesmo patamar, nutrição saudável. Uma nota de cautela: Adicionando molhos a qualquer das saladas significa a adição de carboidratos também. O molho César, por exemplo, tem 4 gramas. Então, policie sua fome.

2. KFC Receita Original de Peito de Frango (13 g carb / com asa, 18 g de carboidratos)

KFC-Original-Recipe-ChickenAqui está um delicioso segredo sobre KFC: Você poderia fazer pior do que o clássico, receita original de frango da cadeia. Como mostrado acima, não é especialmente de alto carboidrato. O problema com a KFC, é claro, é que a maior parte do resto do frango que eles vendem é encoberto de material crocante (e delicioso), mas que aumenta o nível de carboidratos de forma significativa. E isso antes de considerar a lista de pratos pesados, tais como biscoitos, purê de batatas e salada de repolho doce.

Dito isto, se você pedir uma refeição de duas peças de receita original e asa, juntamente com uma salada (coberto com leve molho italiano) e feijão verde, sua carga total de carboidratos seria 27 gramas. Nada mal para um restaurante que uma vez vendeu um sanduíche com dois pedaços de frango no lugar do pão!

3. Taco Bell Crunchy Taco (13 g carb / Crunchy Taco Supremo, 15 g de carboidratos)

Taco Bell Crunchy TacoO menu Taco Bell apresenta uma dicotomia interessante. Se você está preocupado com os carboidratos, as suas ofertas se dividem em dois campos. Campo um: tacos crocantes de todas as descrições, a maioria contendo menos de 20 gramas de carboidratos por taco. Campo dois: Todo o resto. Burritos, enchiladas, nachos, e pratos mais carregados que são embalados com amidos insalubres.

Os dois listados acima no título são simples tacos básicos da cadeia. Você pode visitar o site da Taco Bell para ver informações nutricionais sobre os demais tacos, mas eles são geralmente semelhantes. Com números como estes, adicionando um segundo taco não parece ser uma refeição exagerada. Você provavelmente deve evitar um terceiro (e quarto), no entanto.

4. Wendy’s Small Chili (21 g carb / tamanho grande, 31 g de carboidratos)

wendys-large-chiliSe você só vai ao Wendy de vez em quando, você pode não perceber que uma das iguarias mais saborosas da cadeia está escondido no menu de bordo. E este é, incrivelmente, um excelente Chili do restaurante. Como visto acima, não é escandalosamente rico em carboidratos, também. Se você quer algo rápido, quente e saboroso, uma dessas tigelas de sopa saudável pode ser o que está procurando.

Uma palavra de advertência sobre os acompanhamentos do Wendy, no entanto. Se você está tentado a acrescentar uma salada ao chili, note que tanto a Salada César e Salada Mista têm 19 gramas de carboidratos cada uma, e isso é sem molho. Por que tão alto? A cadeia adiciona croutons de tamanhos super.

5. Snack Mac Wrap McDonald (26 g carb) / Angus WrapSnack Deluxe (27 g de carboidratos)

mcdonalds big mac snack wrap-01Vamos enfrentá-lo: Se você quer um hambúrguer verdadeiramente baixo-carboidrato, a melhor opção é encomendar um sanduíche regular e descartar o pão e todo o molho adocicado. Você pode fazer isso com qualquer hambúrguer do McDonald também. Mas se você quer uma sugestão de um pão, e não gosto de desperdiçar comida, estes wraps podem ser opções saborosas. Essencialmente hambúrgueres e coberturas envoltos em tortillas, estas refeições se comparam favoravelmente com um sanduíche que você pode fazer em casa.

O McDonald também lançou uma linha de Wraps com frango de maior porte recentemente. Eles são saborosos, mas desde que as tortillas são substancialmente maiores, a quantidade de carboidratos também são.

—–

Hummm! Mas não vamos nos esquecer: – alimento é um tema complicado, especialmente quando você está tentando comer de forma saudável em fast food. Aqui estão mais alguns lembretes.

Em primeiro lugar, evite refrigerantes açucarados. Estes são as calorias mais vazias, e o verdadeiro inimigo de alguém que tenta fazer uma refeição saudável em um restaurante deste tipo. Dependendo da cadeia, um copo grande de refrigerante vem com cerca de 70-90 gramas de carboidratos (ou mais). Só isto já desfaz quaisquer escolhas saudáveis ​​que possam ter ocorrido ao encomendar a refeição principal.

Em segundo lugar, observe os tamanhos da porção. Um único taco, ou pequeno hambúrguer, ou um pedaço de frango é geralmente suficiente. Contanto que você saiba quantos carboidratos et-food, diabetes, alimentação, carboidratos, inimigo, comida, saudável, insulina, opções, escolhas, dietastão presentes neles, você deve ser capaz de lidar com o desafio. O problema aparece quando você encomenda cinco tacos, ou três hambúrgueres ou oito pedaços de frango. Quanto mais carboidratos você comer, mais difícil se torna para cobrir toda essa comida com insulina, e será mais provável que você tenha altas oscilações de açúcar no sangue, como uma montanha-russa (para usar uma frase do Dr. Richard Bernstein).

Finalmente, o ambiente importa. Enquanto você pode até encontrar uma refeição decente em um restaurante fast food, eles não são lugares saudáveis ​​para as pessoas com diabetes. Por quê? A tentação está sempre lá. Em casa, você pode controlar o que comer, pois a comida vem através de sua porta. Em um McDonalds ou Wendy você não tem tal poder. E você vai ser sempre tentado a acrescentar um prato a mais, ou pedir um tamanho maior.

Estou muito consciente de minha própria vida e sei que as proibições não fazem muito bem. Mas por favor, tenha cuidado lá fora. Aprecie sua comida, sim, mas também aproveite a sua boa saúde.

Assim, caros leitores, quais são suas experiências com restaurantes de fast food? Você já conseguiu encontrar opções saudáveis ​​escondidas nas entrelinhas do menu? Ou você fica longe deste tipo de restaurante por uma questão de princípios? Deixe-nos saber suas experiências na seção de comentários abaixo.

Fontes:

  1. http://nutrition.mcdonalds.com/getnutrition/nutritionfacts.pdf
  2. http://www.kfc.com/nutrition/pdf/kfc_nutrition.pdf
  3. http://www.tacobell.com/nutrition/information
  4. http://www.wendys.com/food/NutritionLanding.jsp

 

Argila Wirestone – colunista da revista e site Diabetes Health

 

http://diabeteshealth.com/


Similar Posts

Topo