Qualidade de vida é pior para os pacientes com hipoglicemia grave, diz estudo

A hipoglicemia severa parece estar ligada significativamente a mais baixos índices de qualidade de vida relacionados à saúde entre os pacientes com diabetes tipo 1 ou tipo 2 que são tratados com insulina, de acordo com os dados apresentados no Congresso Científico e Clínico Anual AACE.

“Hipoglicemia grave é imaginada para ser, principalmente, um problema de diabetes tipo 1 e, raramente, ou nunca, em pacientes com diabetes tipo 2”, disse o editor médico chefe do Endocrine Today, Alan J. Garber, MD, PhD, durante uma apresentação pela tarde. “Mas o problema também deveria ser raro, imediato, com ocorrência de curta duração, sem muitas consequências após recuperação. Então, na verdade, o que queríamos entender é como a hipoglicemia pode afetar a qualidade de vida e o bem-estar a longo prazo do paciente”.

Garber e colegas realizaram uma meta-análise de seis estudos abertos e randomizados com pacientes do tipo 1 e tipo 2 que faziam uso de insulina. Eles avaliaram a qualidade de saúde e de vida usando o Formulário de Pesquisa de Saúde no início e no final dos estudos. Eventos hipoglicêmicos graves foram definidos como qualquer episódio que necessitassem de assistência de terceiros.

Os resultados mostraram que 74 dos 621 (11,9%) pacientes com diabetes tipo 1 tinham pelo menos um episódio de hipoglicemia grave em comparação com 57 de 3346 (1,7%) pacientes com diabetes tipo 2. De acordo com os dados recolhidos usando o Formulário de Pesquisa de Saúde, a qualidade de vida era consideravelmente pior para aqueles que experimentaram eventos hipoglicêmicos graves.

Os índices de funcionamento social foram significativamente menores nos pacientes com o tipo 1 (-2,3 IC 95% -4,27 a -0,38) e diabetes tipo 2 (-2,69, IC, -4,99 para -0,38 95%) que apresentaram hipoglicemia grave, quando comparados com aqueles que não o tiveram ( P <0,05). Da mesma forma, a hipoglicemia apareceu associada a menores índices de atividades físicas em pacientes com diabetes tipo 1 (-2,16 IC 95% -3,88 a -0,44). Na diabetes tipo 2, esta associação foi apenas marginalmente significante (-2,19 IC 95% -4,39 a 0). Hipoglicemia grave também teve efeitos negativos sobre a saúde mental (-2,39 IC 95%, -4,73 a -0,05) e geral (-2,65 IC 95%, -4,61 para -0,7) dos pacientes com diabetes tipo 2 ( P <. 05).

Os pacientes com hipoglicemia grave também tiveram índices significativamente mais baixos em outras medidas de saúde, mas estas associações não atingiram significância estatística.

“Para concluir, as avaliações de qualidade de vida relacionadas à saúde mostram que a hipoglicemia tem um impacto negativo”, disse Garber. “Este estudo confirma, através do uso de um Formulário bastante confiável para avaliar o nível de qualidade de vida, as descobertas anteriores sobre o impacto negativo da hipoglicemia grave em pacientes com diabetes tipo 1 ou tipo 2 tratados com insulina. Isso destaca a necessidade de minimizar a hipoglicemia e, particularmente, a hipoglicemia severa em ambos os tipos de diabetes. ”

Para mais informações:

Garber AJ. De plenário da tarde / estudos clínicos. Apresentado em:Congresso AACE Annual Scientific and Clinical ; 1-5 maio de 2013; Phoenix.

 

http://www.healio.com/


Similar Posts

Topo