Nanopartículas injetável controla diabetes por 10 dias

Pessoas que sofrem de diabetes tipo 1, não apenas lidam com o problema de autoaplicar-se insulina várias vezes por dia, como também precisam ter certeza da dosagem a fim de evitar os riscos potenciais à saúde.

Felizmente, uma nova solução pode estar chegando na forma de nanopartículas que podem detectar quando os níveis de açúcar no sangue sobem, e depois liberando insulina em conformidade a fim de regular a glicemia.

As nanopartículas injetáveis ​​contém um núcleo sólido de insulina protegidos por uma camada externa de dextrano modificado (frequentemente utilizado para reduzir a espessura do sangue). Quando exposta a níveis elevados de glicose as enzimas dentro da nano-rede convertem a glicose em ácido glucônico, o qual, por sua vez, divide o dextrano, e este finalmente solta a insulina para a corrente sanguínea.

Todas as partículas dentro da mistura, são positivamente e negativamente eletricamente carregadas, o que significa que são atraídas entre si – isto é como a nano-rede é formada como um conjunto no interior do corpo.

insulina nanopartículas-2

A tecnologia, que foi desenvolvida por pesquisadores da NC State, UNC Chapel Hill, MIT e do Hospital Infantil de Boston, tem sido bem sucedida em testes realizados em animais e está em pauta para estudos clínicos com humanos.

 

http://www.psfk.com/


Similar Posts

Topo