Trocar o dia pela noite eleva o risco de diabetes

Alterações no relógio biológico produzem resistência à insulina e aumento de peso

Trocar o dia pela noite ou comer em horários irregulares são atitudes perigosas para a saúde e podem causar obesidade, transtornos metabólicos e diabetes, aponta artigo publicado nesta quinta-feira pela revista científica ‘Current Biology’. De acordo com os especialistas, a ação da insulina varia conforme o “relógio biológico”, que consiste nas oscilações metabólicas que o corpo sofre durante o dia.

“Os processos fisiológicos possuem ritmos diferentes de manhã, à tarde e à noite, que influenciam na digestão, no metabolismo de lipídios, de carboidratos e do apetite”, afirma Carl Johnson, do Departamento de Fisiologia e Biofísica da Universidade Vanderbilt, Estados Unidos.

O experimento, feito com ratos de laboratório, mostra que, quando eram incapacitados de manter o relógio biológico em ordem, os animais ficavam com o metabolismo mais lento, e a insulina se mantinha em um nível propenso à obesidade.

Comprovamos agora que os horários de atividade metabólica se alteram significativamente em função do horário”, relata Johnson. As variações da insulina e das doses de açúcar no sangue vinculadas à hora do dia representam um grande problema para as pessoas cujos hábitos de atividade e alimentação mais abundante sejam à noite. Segundo os cientistas, a atitude mais saudável para manter os níveis metabólicos em ordem é fazer a refeição principal ao meio-dia e, à noite, apenas uma ceia leve. Além disso, deve-se evitar beliscar e fazer lanches depois do jantar.

 

http://odia.ig.com.br/

 


Similar Posts

Topo