Dieta inadequada da gestante põe bebê em risco de diabetes

Dieta inadequada durante a gravidez predispõe bebê para diabetes

Uma dieta materna de boa qualidade durante a gestação é fundamental para o crescimento fetal, bem como da boa manutenção de seus níveis de insulina e glicose no nascimento, concluiu um novo estudo.

A insulina aumentada e os níveis de glicose são indicadores de diabetes e risco de síndrome metabólica. Estudos anteriores já delinearam que quando a mãe não consume alimentos em quantidade suficiente durante a gravidez, a fonte de glicose para outros tecidos é reduzida no feto para garantir que o cérebro receba a quantia correta. Por sua vez, isto provoca redução do crescimento fetal. Este mecanismo adaptativo é conhecido como hipótese do fenótipo poupador de Barker.

“No entanto, os efeitos de um desequilíbrio entre gorduras, proteínas e carboidratos não são tão bem conhecidos. Em outras palavras, o efeito durante a gravidez das dietas ocidentais que variam muito de cada país, não são bem conhecidos “, explicou ao SINC Francisco J. Sánchez-Muniz, pesquisador da Universidade Complutense de Madrid e um dos autores do estudo.

O novo estudo faz parte do Estudio Mérida, uma investigação macro que analisa diferentes parâmetros em recém-nascidos e suas mães. Desta forma, o novo estudo revela que quando mulheres grávidas ingerem quantidades adequadas de energia, seus filhos nascem com um peso normal de cerca de 3,3 kg para 3,5 kg.

“No entanto, mais de metade das mulheres têm dietas de baixa qualidade, que incluem uma quantidade elevada de produtos de origem animal ricos em gorduras saturadas e ainda uma baixa quantidade de carboidratos das hortaliças e leguminosas. Além disso, mais de um terço das mulheres possuem hábitos alimentares que diferem muito da nossa dieta mediterrânea “, observou Sanchez-Muniz.

“É surpreendente que as mulheres não mudem seus hábitos alimentares ou melhorem a qualidade da dieta durante a gravidez “, disse ele. Os especialistas afirmaram que, quando uma mulher não come adequadamente durante a gravidez, a criança nasce com um perfil diabetogênico, ou seja, níveis altos de glicose e insulina e um marcador de resistência à insulina. Isso confirma a influência da dieta no desenvolvimento de pâncreas fetal e glicose e concentração de insulina no nascimento.

“É vital as mães se fazerem conscientes da importância de comer bem durante a gravidez tendo uma dieta equilibrada”, disse o pesquisador. “Devemos também realizar novos estudos entre o mesmo grupo populacional, a fim de compreender como as crianças irão se desenvolver ao longo do tempo e, assim, evitar, ou pelo menos atenuar, o desenvolvimento de doenças de alta prevalência em nossa sociedade “, concluíram.

A descoberta foi publicada no Jornal Europeu de Nutrição Clínica.

 

http://timesofindia.indiatimes.com/


Similar Posts

Topo