Pesquisa com células tronco aponta caminho para possível cura do diabetes tipo 1

Pesquisadores australianos lançaram um estudo sobre as células-tronco que potencialmente poderia levar ao diabético do tipo 1 ser capaz de produzir a sua própria insulina , eliminando a necessidade de injeções regulares.

Dr. Ilia Banakh e Professor Len Harrison do Walter e Eliza Hall Institute, em Melbourne comunicaram que eles não só desenvolveram uma forma de identificar e isolar as células-tronco do pâncreas adulto, como também uma técnica para, essencialmente, “ativá-las”, incentivando a tornarem-se células produtoras de insulina capazes de liberar a insulina em resposta ao aumento do nível de glicose.

No tipo 1 da diabetes , o sistema imunológico do organismo elimina do pâncreas as células produtoras de insulina, o que resulta em níveis descontrolados e elevados de glicose no sangue, que têm de ser geridos através de injeções de insulina sintética.

Este tratamento com insulina análoga, raramente atinge os melhores resultados e ao mesmo tempo, um transplantes de pâncreas, na maioria dos casos, pode até restabelecer a produção de insulina a níveis quase normais, porém o processo é dispendioso e perigoso.

“Assim, há um forte imperativo para derivar de fontes renováveis as células produtoras de insulina para ‘curar’ o  DM1”, afirmaram os pesquisadores no estudo divulgado em 09 de novembro deste ano na revista científica PLoS ONE .

Embora as células com propriedades semelhantes às células-tronco já tenham sido descobertas, esta nova pesquisa é ainda mais positiva, de acordo com Harrison, porque poderia ajudar a desvendar os segredos da produção de insulina e, finalmente, ajudar as pessoas com diabetes a darem um fim à sua dependência de injeções diárias de insulina.

“O que o Dr. Banakh fez foi identificar a célula que origina outras células produtoras de insulina mostrando o total dessas células e comprovando que a sua capacidade de se transformar em células produtoras de insulina aumenta em resposta à lesão do pâncreas. Isto é interessante, porque significa que o potencial para regenerar células produtoras de insulina há em todos nós, mesmo nos adultos “, disse o professor Harrison em um relatório que acompanhou o estudo.

Como parte do estudo, Harrison e Banakh conduziram uma equipe que primeiro isolaram as células estaminais em tubos de ensaio e as encorajou a produzir insulina e, em seguida, injetaram-nas em ratos verificando que as células mantiveram a capacidade de produzir insulina.

“No longo prazo, esperamos que as pessoas com diabetes tipo 1 possam ser capazes de regenerar suas próprias células produtoras de insulina “, disse Harrison.” Isso significa que eles poderiam fazer sua própria insulina e recuperar o controle de seus níveis de glicose no sangue, curando a diabetes. Naturalmente, essa estratégia só funciona se pudermos encontrar formas de superar o ataque do sistema imunológico sobre as células produtoras de insulina que causa a diabetes em primeiro lugar. ”

O estudo foi financiado pela Juvenile Diabetes Research Foundation e do National Health and Medical Research Council da Austrália.

 

http://www.diabeteshealth.com/


Similar Posts

Topo