Blog Diabetes – Parte 6 – Papo sério

– Acho melhor você ir verificar sua glicose. Está me parecendo meio estranha…   😮

– Está bem.   😕

……

– E aí, mediu? Está quanto?   😮

– O que??!   😀

Eu nunca tive uma experiência de hipoglicemia. Talvez por isso fico tentando imaginar o que se passa na cabeça do diabético enquanto ele vivencia este fenômeno. A sensação deve ser agradável, pois lhe parece penoso tomar uma iniciativa para retornar à normalidade, ao contrário de quando ocorre a hiperglicemia.

No caso de TiaBeth, acredito que por causa das sucessivas hipoglicemias ao longo dos 30 anos de sua diabetes, ela já não aparenta estar com níveis de glicose muito baixos, mesmo estando. Os sintomas de sua hipo tornaram-se bastante sutis e se você não conhecê-la muito bem, provavelmente não perceberá que ela se encontra neste estado.

TiaBeth na Floresta da Tijuca (RJ) tentando manter contato com um quati em 2005

É importante saber que ao se conversar com alguém durante um episódio de hipoglicemia, deve-se compreender que depois, dificilmente a pessoa se lembrará sobre o que falou e, principalmente, esquecerá promessas e detalhes importantes. Por este motivo, antes de um papo sério com TiaBeth, sempre me certifico de que seus níveis de glicose estejam normais.

– Preciso conversar algo importante contigo.   😮

– Claro. Vamos lá.   🙂

– Primeiro vá medir sua glicose.   😮

– Para que?   🙁

– Para eu ter certeza que você entenderá tudo o que irei lhe falar.   😮

– Ahhhh, tá bom.   😉

……

– E aí, tá quanto?   😮

– O que??!   😀

 

marido-tiabeth

Ney Limonge é psicanalista, engenheiro elétrico e casado com Raquel Limonge, diabética do tipo 1 e protagonista das suas histórias. Escreve o blog Psicoanalisando quando lhe sobra tempo e também o  Blog da TiaBeth. Ele não tem diabetes.

 


Similar Posts

Topo