Blog – Parte 3 – Quanto tomar de insulina?

– Quanto eu devo tomar de insulina? 🙄

– Uéé..?!! Sei lá, o diabético aqui é você. 🙁

– Mas o que você acha? 😮

Quando eu conheci TiaBeth, ela aplicava sua insulina de ação rápida sem muitos critérios, porém desde que casou-se comigo vem se tornando mais comedida com suas injeções. Muitas vezes ela me pergunta o quanto tomar de insulina, geralmente quando está diante de algum prato de comida menos usual.

Acredito que seja normal entre casais que um deles solicite a opinião do outro antes de tomar determinadas decisões. O quanto tomar de insulina é uma decisão importantíssima, e perguntar isso significa confiar muito na pessoa que está ao lado.

No início de nossa relação, quando eu não possuía muitos conhecimentos sobre diabetes, presenciei inúmeros episódios de hipoglicemia de TiaBeth. Hoje, com alguma experiência, estando a seu lado, percebo rapidamente quando isso irá acontecer e logo tomo uma atitude. Ultimamente tem ocorrido muito poucos casos, felizmente.

Cada diabético tem seus próprios motivos para ter hipoglicemias. Pode ser por um controle inadequado, contagem errada de carboidratos, esquecimento de fazer as medições ou mesmo como resultante de um esforço em diminuir a hemoglobina glicada. No caso de TiaBeth, a causa é o seu controle rígido, sempre à beira dos níveis mínimos, e deveu-se a uma leitura de um livro em seus primórdios da diabetes.

Por sugestão de um médico, ela leu um livro auto-biográfico escrito por uma pessoa com diabetes que, certamente, gerenciava muito mal sua doença. O autor do livro tivera diversas complicações que o deixaram bastante debilitado. O tom dramático da narrativa e o trágico fim do protagonista, colaboraram para  assustar TiaBeth.

Após a leitura de um livro assim, qualquer diabético recém diagnosticado e ainda sem muitos conhecimentos sobre sua condição, passa a controlar demasiadamente seu nível de açúcar, levando-o ao cometimento de exageros e à hipoglicemia. E apesar das boas intenções, a leitura deste livro não fez nada bem à TiaBeth e, bem provável, a outros recém-diagnosticados que também o leram. Uma pena.   🙁

TiaBeth comendo salada em Arraial d'Ajuda - 2012
TiaBeth comendo salada em Arraial d’Ajuda – 2012

 +++ +++++++ +++++ ++++  ++++ ++++++++ ++++ +++

– Hummmm….. Então toma umas quatro unidades de insulina. 😕

– Tá bom. 😉

 +++ +++++++ +++++ ++++ pausa para aplicação ++++ ++++++++ ++++ +++

– Tomou?? 🙂

– Sim. 😮

– Quantas? 😮

– Cinco. 😀

 

marido-tiabeth

Ney Limonge é psicanalista, engenheiro elétrico e casado com Raquel Limonge, diabética do tipo 1 e protagonista das suas histórias. Escreve o blog Psicoanalisando quando lhe sobra tempo e também o  Blog da TiaBeth. Ele não tem diabetes.

 


Similar Posts

Topo