Exercício pode retardar o envelhecimento precoce das pessoas com diabetes tipo 2

Exercícios físicos melhoram a sua saúde cardiovascular, de acordo com estudo preliminar

O exercício regular pode retardar o envelhecimento precoce do sistema cardiovascular que ocorre em pessoas com diabetes tipo 2, de acordo com uma nova pesquisa.

Um adulto saudável perde cerca de 10 por cento de sua capacidade física a cada década de vida depois dos 40 ou 50 anos de idade, mas a pesquisa mostra que os níveis de queda em pessoas com diabetes tipo 2 são cerca de 20 por cento menor do que em adultos saudáveis. Esta perda acelerada da capacidade aumenta o risco de invalidez precoce e morte, disse Amy Huebschmann, da Escola de Medicina da Universidade do Colorado.

“Não só esses pacientes têm mais problemas com o exercício … mas também com as atividades da vida diária, como um simples passeio até a loja da esquina”, disseram os pesquisadores em um comunicado à imprensa na American Physiological Society.

Os investigadores confirmaram outras pesquisas, no entanto, que descobriu que o exercício regular pode retardar o envelhecimento precoce cardiovascular em pacientes com diabetes. Os resultados sugerem que os seus níveis físicos podem melhorar em até 40 por cento após 12 a 20 semanas de treinamento físico. “Por outras palavras, estes defeitos não são necessariamente permanentes”,  disse Huebschmann. “Eles podem ser melhorados, o que é uma grande notícia.”

O exercício físico regular, no entanto, não restaura a capacidade de pacientes diabéticos aos mesmos níveis de adultos saudáveis, de acordo com os resultados. A pesquisa foi apresentada na semana passada em uma conferência sobre exercícios no Colorado patrocinado pela American Physiological Society, pelo Colégio Americano de Medicina Esportiva e também pela Sociedade Canadense de Fisiologia do Exercício. Dados e conclusões apresentados em encontros médicos devem ser considerados preliminares até revisados e publicado em um revista médica.

Embora o exercício possa beneficiar pacientes com diabetes, pode ser difícil para eles alcançar os 150 minutos recomendados por semana de exercícios moderados. Huebschmann e seus colegas estão trabalhando em uma maneira de ajudar pacientes diabéticos a alcançar seus objetivos de exercícios.

“O diabetes tipo 2 tem um impacto negativo sobre a saúde, mas este impacto pode ser melhorado com uma intervenção bastante simples como caminhada rápida regular ou outra atividade física que a maioria das pessoas com diabetes podem fazer”, disse Huebschmann.

Mais de 8 por cento da população dos EUA tem diabetes, principalmente a do tipo 2, de acordo com os Centros dos EUA para Controle e Prevenção de Doenças. Com a diabetes do tipo 2, o corpo não pode processar adequadamente a glicose, o principal tipo de açúcar no sangue.

 

Mais informações

Os Centros dos EUA para Controle e Prevenção de Doenças explica como manter-se saudável com diabetes .

 

http://health.usnews.com/health-news/


Similar Posts

Topo