Controlar a glicose de pré-diabético previne contra diabetes, diz pesquisa

Segundo pesquisa americana, risco de ter a doença diminui 56%. Cuidado prévio pode indicar novo padrão de atendimento ao pré-diabético.

Pré-diabéticos que passam a controlar a taxa de açúcar no sangue estão 56% menos propensos a desenvolver diabetes nos próximos anos. É o que sugere um estudo da Associação Americana de Diabetes apresentado nesta semana na revista científica “The Lancet”.

O pré-diabetes é diagnosticado quando a concentração de açúcar no sangue está maior do que o normal, mas não tão alta quanto nos casos de diabetes. O pré-diabético corre mais risco de desenvolver diabetes do tipo 2. Nestes casos, a pessoa começa a ter resistência à insulina, ou seja, as células precisam de mais hormônio para quebrar as moléculas de glicose.

A pesquisa conduzida pelo Programa de Prevenção de Diabetes dos Estados Unidos fez testes de redução de glicose no sangue em 3.000 pacientes com pré-diabetes.

A análise mostrou que todos tiveram a função da glicose normalizada e o risco de diabetes diminuído. Segundo os pesquisadores, houve uma redução de 56% na chance de ter diabetes em até sete anos.

“[Essa prática] reforça uma mudança no padrão de atendimento para o tratamento precoce e agressivo de redução de glicose em pacientes com alto risco de diabetes “, afirma Leigh Perreault, da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos, uma das autoras do estudo.

saiba mais

 

Fonte: Globo.com


Similar Posts

Topo