Ficar sentada em excesso pode aumentar risco de diabetes em mulheres

Pesquisadores do Reino Unido descobriram que as mulheres que passam longos períodos de tempo sentadas podem estar aumentando seus riscos de desenvolverem diabetes tipo 2.

O estudo, publicado no American Journal of Preventive Medicine, mostrou que as chances das mulheres aumentarem seus fatores de risco para diabetes, incluindo resistência à insulina e inflamação crônica, sobiam a medida que ficavam mais tempo sentadas, associação que não estava presente nos homens.

Mulheres que passaram longos períodos sentadas, mas que praticam exercícios físicos com regularidade,  também tiveram seus riscos aumentados apresentando também sintomas do diabetes.

O estudo analisou dados de cerca de 500 pessoas no Reino Unido que participaram de uma triagem de um programa de estudos sobre diabetes, observando que –  “Se estes resultados forem replicados, eles têm implicações para a vida pública, novas recomendações e intervenções na políticas de saúde e na mudança de comportamento, como eles sugerem que permitir que as mulheres passam menos tempo sentado é um fator importante na prevenção de doenças crônicas. ”

Os resultados foram explicados devido a fatores como resistência à insulina e níveis elevados de marcadores de inflamação, tais como a proteína C-reactiva (CRP) e interleucina-6 (IL-6).

No entanto, a relação diminui quando fatores, tais como índice de massa corporal (IMC)  são tomados em consideração, indicando que a obesidade também poderia ser parcialmente responsável, e que os hormônios que são libertados a partir do tecido de gordura pode ter um efeito negativo sobre o metabolismo do corpo.

 

http://www.diabetes.co.uk


Similar Posts

Topo