Metade dos fortalezenses estão acima do peso; Capital é a segunda do País com maior índice

Fortaleza, a capital do Ceará, é uma metrópole moderna que propicia aos seus milhares de visitantes diversão garantida e uma infinidade de atrações turísticas.

Fortaleza é a segunda capital do Brasil com maior índice de adultos com excesso de peso. De acordo com a pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel 2011), realizada pelo Ministério da Saúde, 54% da população adulta de Fortaleza está acima do peso, atrás apenas de Porto Alegre-RS, onde o percentual chega a 55%. A pesquisa foi realizada de janeiro à dezembro de 2011, com 54.144 brasileiros.

A capital cearense ainda apresenta o terceiro pior índice de adultos obesos, equivalente a 18% da população. Manaus, Maceió, Campo Grande e Natal, apresentam o mesmo percentual, ocupando, junto com Fortaleza, a terceira colocação.

Segundo a pesquisa, apenas 30% dos fortalezenses praticam atividade física no tempo livre. No geral, os homens são mais ativos do que as mulheres, onde 39,6% se exercitam regularmente. Já o público feminino, a frequência é 22,4%.

A prevalência de excesso de peso segundo escolaridade e sexo é maior nos homens com idade a partir de 12 anos e, nas mulheres, na faixa etária de zero a oito anos. Em se tratando da obesidade, o sexo feminino lidera as estatísticas com 20%, entre zero a oito anos e, nos homens o percentual equivale a 17%, dos 12 anos em diante.

Obesidade

A obesidade é um fator de risco para saúde e tem forte relação com os altos níveis de gordura e açúcar no sangue, excesso de colesterol e casos de pré-diabetes. Pessoas obesas também têm mais chance de sofrer com doenças cardiovasculares, principalmente infarto, trombose, embolia e arteriosclerose, além de problemas ortopédicos, asma, apneia do sono, alguns tipos de câncer, esteatose hepática e distúrbios psicológicos.

Consumo alimentar

O levantamento mostra ainda outro dado preocupante, que é o baixo consumo de frutas e hortaliças. Entre os adultos de Fortaleza que consomem cinco ou mais porções diárias de frutas e hortaliças, o percentual foi apenas de 15%, colocando a capital cearense no terceiro pior lugar, juntamente com Salvador e Manaus.

Os fortalezenses que costumam consumir carnes com excesso de gordura, chega a 33%, o décimo no ranking de 15 colocações. O Vigitel 2011, mostra que a população masculina brasileira consome quase duas vezes mais (45,9%) carne com excesso de gordura do que as mulheres (24,9%).

Saiba mais

O Índice de Massa Corpórea (IMC) é calculado a partir da divisão do peso pela altura ao quadrado. Para saber se você está com excesso de peso, o IMC deve ser igual ou superior a 25kg/m2. Com relação a obesidade, o IMC deve ser igual ou superior a 30kg/m2.

 

 

Diário do Nordeste


Similar Posts

Topo