Pesquisa de Harvard indica que trabalhar em turno noturno aumenta o risco de diabetes tipo 2

Harvard T.H. Chan School of Public Health

Investigadores de uma universidade norte-americana concluíram que o trabalho em horários noturnos aumenta o risco de diabetes tipo 2, especialmente em mulheres.

Já havia indícios de uma ligação causa efeito entre os turnos noturnos e os problemas cardiovasculares e a obesidade, mas esta pesquisa publicada na revista PLoS Medicine vem agora confirmar também que os trabalhadores de horários noturnos têm mais possibilidades de vir a sofrer de diabetes tipo 2.

A investigação foi realizada por cientistas da Escola de Saúde Pública de Harvard, em Boston, e teve por base uma amostra bastante ampla de indivíduos. Foram analisados dados sobre o estado de saúde de enfermeiras, classe profissional que habitualmente realiza trabalho à noite. Os registros tiveram em consideração os anos de 1976 e de 1989.

“Seguimos 69.269 mulheres num primeiro inquérito e 107.915 no segundo, todas sem diabetes, sem problemas cardiovasculares e sem cancer”, explicou o responsável pela equipa de investigadores, Frank Hu y. No primeiro grupo, 6.165 desenvolveram diabetes tipo2 e, no segundo, o mesmo aconteceu em 3.961 casos.

 

Sic Notícias


Similar Posts

Topo