Solange de Paiva
Diabetes tipo: 2
Rio de Janeiro / RJ
A diabetes na minha vida:
Qdo recebi o diagnóstico (2013), eu estava internada numa UPA por conta da dengue. Fiquei meio perdida, paralisada, sem saber o que pensar. Depois, fui transferida para um hospital para continuar tratando da dengue e mais ainda do diabetes. Ao sair do hospital, sentia-me perdida, amedrontada, sem saber por onde começar. Aos poucos fui me integrando com a nova situação e ajustando-me ao diabetes, buscando conhecimento e sendo disciplinada. Após 02 anos do diagnóstico, continuo aprendendo e procurando manter o melhor controle possível, buscando não me estressar demais, procurando ter uma vida com boa qualidade.