Recentemente diagnosticado

Quando as pessoas descobrem que têm diabetes, pode parecer algo realmente assustador, ou triste, ou até mesmo difícil de acreditar.

Afinal, você provavelmente não se sente doente ou diferente do que você sentiu antes de alguém ter-lhe dito que você tem diabetes. E, no entanto, é muito importante levar esta doença a sério.

Algumas pessoas ao descobrirem que têm diabetes temem que isso signifique o fim de suas vidas, ou que elas não serão mais capazes de fazer tudo o que costumavam fazer. Nenhuma dessas coisas é verdade.

Sabemos que não é fácil ouvir que você tem diabetes. Mas para milhões de pessoas, aprender sobre a sua diabetes é o primeiro passo para se sentir melhor e viver uma vida mais longa e saudável. Não se desespere. Aqui está o que você precisa para começar no caminho para a melhoria da saúde e bem-estar.

 

Respire fundo

Preparar a mente para a sua viagem com a diabetes é uma dos melhores primeiras atitudes a se tomar.

Ouvir alguém dizer que você tem diabetes ou que existe um problema com o seu nível de açúcar no sangue, pode causar um pouco de estresse – e com razão.

Diabetes é assustador.

 

Negação, culpa, raiva

Talvez você tenha negado que alguma coisa estivesse errada. Isso é normal.Negação protege e nos isola de informações difíceis ou chocantes.

Você se sente culpado? Pelo fato de achar que você mesmo causou a diabetes?

Se assim for, a sua primeira missão é parar este jogo de culpa e ficar do seu próprio lado.

A raiva também é uma reação comum e muitas vezes o primeiro sinal de que você reconhece que algo está errado. Nunca é tarde demais para iniciar seu programa de auto-gestão da diabetes.

O ponto chave é ser gentil com você mesmo, porque você é o seu melhor meio para gerenciar sua diabetes.

A diabetes nunca é conveniente, mas com algum esforço e ajuda de especialistas, é administrável. É importante que você reconheça isso. Como você irá perceber, este diagnóstico vai afetar bastante o sucesso do gerenciamento de sua diabetes.

 

Antes de tudo, aprenda a rir

Aprenda a sorrir

Por mais estranho que pareça, aprender a rir pode ajudar. Seus pensamentos e sentimentos têm um enorme impacto sobre o seu corpo. Os pensamentos positivos têm efeitos físicos positivos. Humor é uma ferramenta útil para ajudar a controlar o diabetes, adicionando perspectiva de que não há nada de engraçado em ter diabetes. Mas um pouco de humor pode ajudar você a enxergar a partir de uma perspectiva diferente. Humor pode ajudar a construir a confiança de saber que você pode lidar com a diabetes. Além disso, rir reduz os níveis de glicose!

 

Concentre-se nas coisas positivas

Vamos nos concentrar em algo positivo sobre o seu diagnóstico de diabetes. Sinta-se livre para dizer o seguinte para si mesmo:

  • – “Eu posso seguir os meus sonhos e paixões.”
  • – “Diabetes não é nada agradável, mas eu posso controlá-lo.”
  • – “Eu não estou sozinho. Milhões de pessoas estão lidando com diabetes e milhares de profissionais de saúde estão lutando para fazer a diferença na minha vida e na vida dos outros.”
  • – “Os sentimentos que tenho sobre diabetes, seja ele raiva, depressão, medo, vontade de aprender, ou alívio ao descobrir, são típicos. Eu possuo forças para fazer algo sobre a minha diabetes.”

 

Prepare a sua equipe de saúde

Formando sua equipe

Você é o membro mais importante da sua equipe de cuidados de saúde. Afinal, você é o único que é afetado pela diabetes e cuida dela todos os dias. Só você sabe o que você sente e o que está disposto e capaz de fazer. Você pode fazer exercícios. Você pode fazer e comer os alimentos de seu plano de refeição. Você toma o medicamento ou injeta a insulina. Você verifica seu nível de açúcar no sangue (glicose) e acompanhar os resultados. E, claro, você é o primeiro a notar problemas. Sua equipe de saúde depende de você falar com eles de forma honesta e dizer-lhes como você se sente.

Você também irá precisar de um médico com formação específica (e geralmente certificação) em doenças como a diabetes. Geralmente é um endocrinologista. Se você não conhece nenhum endocrinologista, melhor começar a procurar.

Certifique-se de que você se sinta confortável falando sobre os detalhes de sua saúde e estilo de vida com este médico. Você pode perguntar, sem nenhum receio, se ele tem treinamento especial em diabetes e se a maioria de seus pacientes tem diabetes. Verifique se ele trabalha com uma equipe, pois ao longo de sua vida com diabetes, você poderá precisar de outros profissionais também especializados, como um educador, psicólogo, nutricionista, podólogo, oftalmologista, dentista.

 

Sua primeira visita ao médico

Primeira visita ao médico após o diagnóstico

Em sua primeira visita a um médico que vai tratar a sua diabetes:

  • – O médico deverá saber de seu histórico médico (fazer perguntas sobre sua vida, complicações e e tratamentos anteriores ao diabetes).
  • – O médico deve solicitar-lhe um exame físico completo.
  • – O médico deve solicitar exames de sangue e urina para descobrir o seu nível de glicose, o seu nível de hemoglobina glicada (uma medida de níveis médios de glicose no sangue ao longo dos últimos dois a três meses), o colesterol e os níveis de gordura, e seu nível de proteína na urina.
  • – Sua equipe de saúde ou o seu médico deverá trabalhar com você para fazer um plano para gerenciar sua diabetes.

Montar um plano de cuidados para a sua diabetes é uma parte importante da primeira visita. Seu plano de cuidados não será o mesmo que o de todos os outros pacientes. Para funcionar bem, ele deverá ser adaptado à sua própria vida. Por exemplo, é preciso levar em conta o seu trabalho ou horário escolar, como são suas atividades, o que e quando você gosta de comer, o seu nível cultural, e outros problemas médicos que você tem.

Você precisa estar envolvido na elaboração de seu plano de tratamento do diabetes. Caso contrário, é improvável que ele se encaixe em sua vida, ou que você vá entender o que precisará fazer.

 

Medindo a glicemia

Medindo a Glicemia

O monitoramento de glicose no sangue é a principal ferramenta que você tem para avaliar o controle do diabetes. Esta verificação diz qual o seu nível de glicose no sangue a qualquer momento. Manter um registro de seus resultados é vital. Quando você traz esse registro para o seu médico ou qualquer outro prestador de cuidados de saúde, você tem uma boa imagem da resposta de seu corpo para o seu plano de tratamento da diabetes.

 

Eu sou maior que a diabetes

Saiba que a diabetes não define você. Ela é apenas uma pequena parte do seu ser complexo. Quando falamos em diabetes, o seu plano de tratamento começa com o que está sendo preparado mentalmente.

 

Fonte: ADA – Associação Americana de Diabetes