Café, o que diz a ciência? Conheça os benefícios e riscos para a saúde

Photo by DREW GILLIAM on Unsplash

O café, depois da água, é a bebida mais popular do mundo. As propriedades promotoras para a saúde são frequentemente atribuídas à sua rica composição em fitoquímicos. Incluindo cafeína, ácido clorogênico, ácido cafeico, hidroxi-hidroquinona, etc.

Contudo, as controvérsias em relação aos seus benefícios e riscos ainda existem! Existem evidências confiáveis a apoiar o seu potencial de promoção da saúde.

Dito isto, alguns investigadores discutem a associação do consumo de café com complicações cardiovasculares e até o aparecimento de câncer.

café, diabetes, cardiovascular, cancro, neurodegenerativas, benefícios, riscos

Muitas investigações científicas sobre o consumo de café revelam que este é benéfico tanto para a diabetes, Parkinson,  Alzheimer assim como para alguns tipos de câncer.

Em paralelo, estudos afirmam que a cafeína melhora o stress devido à sua capacidade de induzir expressão de mRNA. A fração lipídica do café contendo cafestol e kahweol atua como uma salvaguarda contra algumas células malignas, modulando as enzimas “desintoxicantes”.

Contudo, doses elevadas da bebida tendem a aumentar os riscos para a saúde. Isto porque, para além de aumentar o colesterol sérico, representa uma possível ameaça à saúde cardiovascular e enfarte agudo do miocárdio. Isto já para não falar das insônias.

café, diabetes, cardiovascular, cancro, neurodegenerativas, benefícios, riscos

 

Diabetes

café, diabetes, cardiovascular, cancro, neurodegenerativas, benefícios, riscos

Existe de fato uma correlação entre a popular “bebida amarga” e os efeitos positivos sobre a síndrome metabólica.

Os estudos mostram que as pessoas que bebem mais café têm uma diminuição do risco em pelo menos 23-50% de sofrer da diabetes.

Este efeito deve-se em parte ao perfil nutricional e fonte de antioxidantes. Ocorrendo, um aumento da sensibilidade à insulina! Contudo, há evidências de que a cafeína não é o principal responsável pelo potencial hipoglicémico!

Doenças neurodegenerativas

café, diabetes, cardiovascular, cancro, neurodegenerativas, benefícios, riscos

Alzheimer

Vários estudos mostram que os consumidores regulares de café têm um risco menor de sofrer de Alzheimer.

Uma substância ainda não identificada presente no café é a responsável por tornar a bebida num importante aliado na prevenção do Alzheimer. Uma pesquisa publicada no periódico Journal of Alzheimer’s Disease demonstrou que a interação dessa substância com a cafeína aumentou os níveis do fator G-CSF, responsável por evitar o progresso da doença, em ratos.

Parkinson

Em diversos estudos epidemiológicos, as pessoas que bebem café apresentam um risco inferior de desenvolver a doença de Parkinson. Ao contrário de outras patologias, o consumo do descafeinado não demonstra resultados significativos.

Concluindo, na doença de Parkinson a cafeína é a “rainha” dos efeitos benéficos!

Sistema cardiovascular

café, diabetes, cardiovascular, cancro, neurodegenerativas, benefícios, riscos

Sem dúvida, este é o ponto de maior controvérsia!

Afirma-se frequentemente que a cafeína pode aumentar a pressão arterial! O que é verdade… mas o efeito é pequeno (3-4 mmHg). Para a maioria das pessoas, desaparece quando tomado regularmente.

No entanto, o efeito pode persistir em algumas pessoas! Assim sendo, caso tenha Hipertensão arterial, tome no máximo uma xícara!

Pacientes que tomam fármacos para hipertensão arterial devem evitar café solúvel instantâneo que contêm elevadas concentrações de potássio. E ainda, esperar cerca de 30 minutos ou mais entre a medicação e a bebida!

Similarmente, pessoas com insuficiência cardíaca, devem também evitar esta bebida! Pois pode colocar o coração sob maior pressão. Nesse caso é aconselhado que desista imediatamente de beber café.

  • Conselho: Escolha cevada, que tem um gosto semelhante!

Em suma, ainda não se pode afirmar nada em concreto uma vez que os estudos divergem entre si. Contudo, quem tiver problemas cardíacos deve consultar o seu médico!

Câncer

café, diabetes, cardiovascular, cancro, neurodegenerativas, benefícios, riscos

 

Esta bebida tem demonstrado ser protetora contra o câncer de fígado e colo-retal.

Contudo, o processo torrefação dos grãos, pode produzir acrilamida! Esta substância tem evidências de genotoxicidade em animais. No entanto, ainda não se encontram estudos conclusivos em humanos.


Em suma, tudo depende da dose! Não há nada tão inerte que seja desprovido de risco… A moderação é tudo!

Os benefícios do consumo do café parecem superar os riscos! Contudo, sem açúcar nem adoçante! E sempre de forma moderada, não superior a 3 chávenas por dia!

café, diabetes, cardiovascular, cancro, neurodegenerativas, benefícios, riscos

 

Mulheres grávidas ou com problemas pós-menopausa devem evitar o consumo excessivo de café. Isto porque algumas das substâncias presentes no café interferem com certos hormônios.

Assim, para mulheres grávidas é aconselhado limitar a ingestão de cafeína para 200mg. Ou seja, não exceder duas xícaras de café por dia! Contudo a cafeína não é exclusiva de café. Coca-cola, Ice tea, alguns chás e bebidas achocolatadas também são fonte desta substância estimulante!

 

Fontes: 12345.

 

– Desde que me conheço a área da saúde sempre me fascinou, com grande foco na nutrição, desejando melhorar a minha qualidade de vida e a de quem me rodeia. Por isso, decidi enveredar pelo mestrado integrado em Ciências Farmacêuticas, Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa.

 

https://www.leak.pt/


Similar Posts

Topo