Dois copos de leite por dia protegem crianças acima do peso da diabetes

Para as crianças com excesso de peso, é importante que bebam, no mínimo, dois copos de leite de vaca por dia, segundo a Academia Americana de Pediatria

Pesquisadores do Centro de Saúde e Ciência da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, apresentaram, no Congresso Europeu sobre a Obesidade, que decorreu na semana passada em Viena, um estudo sobre a importância que o leite tem na alimentação de uma criança obesa, apesar do seu consumo, em geral, estar diminuindo.

Para as crianças com excesso de peso, é importante que bebam, no mínimo, dois copos de leite de vaca por dia, segundo a Academia Americana de Pediatria, uma vez que ficam com menos probabilidade de ficar com altos valores de insulina em jejum e ganham maior controle glicêmico e “isso pode ajudar a proteger contra a síndrome metabólica”, refere Michael Yafi, um dos autores do estudo.

Esta síndrome caracteriza-se pela presença de pelo menos três dos cinco fatores que aumentam o risco de diabetes, doenças cardíacas ou AVC – altos níveis de açúcar no sangue ou triglicerídios, valores elevados de pressão arterial, excesso de gordura na zona abdominal e baixos níveis de colesterol “bom”.

No entanto, o estudo concluiu que “apenas 1 em cada 10 jovens” (entre os participantes) ingere o valor recomendado. Mona Eissa, a principal autora do estudo, encoraja os pais a continuar a dar leite aos seus filhos.

“Os pais começaram a olhar para o leite como algo mau e estão cautelosos em relação a isso. A mensagem para eles é não ter medo do leite, ou limitar seu consumo, e encorajar as crianças de todas as idades para continuarem a beber à vontade”, clarifica ainda a também professora de pediatria e medicina adolescente.

Os pesquisadores acompanharam entre dezembro de 2008 e dezembro de 2010, 353 crianças e adolescentes obesos entre 13 e 18 anos (a média de idades era 11.3 anos, mais de metade eram rapazes e três quartos eram hispânicos), e relacionaram a frequência com que bebiam leite com os níveis de insulina, assim como o tipo de leite e o consumo de sumos de fruta ou outro tipo de sumo com açúcar.

Os resultados mostraram que as meninas bebem menos leite que os rapazes, mas não houve diferença por etnia. No geral, crianças que bebiam menos de um copo de leite por dia tinham níveis de mais altos de insulina em jejum, ao contrário daqueles que bebiam pelo menos dois.

No entanto, Eissa considera que a amostra é demasiado pequena e era composta na sua maioria por crianças hispânicas, pelo que novas investigações devem ser feitas para confirmar estes resultados.

 

http://visao.sapo.pt/


Similar Posts

Deixe uma resposta

Topo