11 dicas para aplicar suas injeções de insulina como um mestre

Segure a agulha na pele de cinco a sete segundos para garantir que toda a insulina seja injetada em seu corpo

Nós entendemos: demora algum tempo em aceitar que você precisa usar insulina para sua diabetes. Se você está recentemente diagnosticado com diabetes tipo 1, o pensamento de injeções regulares de insulina pode ser assustador. Se você tem diabetes tipo 2 e agora deve usar insulina, você pode estar pensando que  fez algo errado para precisar usá-la, e você também pode ter medo de aplicar injeções. Mas se você usa uma caneta de insulina ou frasco e seringa tradicionais, não há necessidade de medo ou auto-culpa.

“A insulina é a melhor maneira de tratar a diabetes”, diz a endocrinologista Susan E. Spratt, professora associada de medicina e professora assistente do Departamento de Medicina Comunitária e Familiar do Duke University Health System em Durham, Carolina do Norte. “É eficiente, funciona e pode ser atribuído a dose que cada paciente precisa”.

Ela geralmente vê o medo ao usar insulina. “Os pacientes podem ter fobia a agulhas, ou podem pensar que a insulina significa que sua diabetes piorou”, diz ela. No entanto, esses medos simplesmente não são verdadeiros, diz Spratt.

Em relação ao medo das agulhas, antes de começar a usar insulina, seu médico deveria lhe mostrar como os métodos atuais de entrega de insulina se parecem, recomenda o Dr. Medha Munshi, diretor do Programa de Diabetes Geriátrico Joslin no Joslin Diabetes Center, em Boston. Ela faz isso com os pacientes, e eles ficam muitas vezes agradavelmente surpreendidos com o tamanho das agulhas nas canetas de insulina e seringas de insulina.

Apesar dos avanços, as injeções regulares de insulina exigem algum planejamento e cuidado. Aqui estão 11 dicas para maximizar o uso de insulina.

1 – Peça por ajuda

Quantas vezes você recebeu medicamentos de uma farmácia, mas não teve uma boa informação sobre como usá-los? Você provavelmente se confundiu, usando as instruções na embalagem. Com a insulina, é muito melhor prosseguir com um pouco (ou muito) ajuda da sua equipe de cuidados com o diabetes, recomenda a educadora certificada de diabetes Leslie Berger do CentraState Medical Center em Freehold, Nova Jersey. Veja se o consultório do seu médico possui uma enfermeira ou um educador de diabetes certificado que possa examinar os detalhes do uso da insulina com você. Caso contrário, peça uma recomendação para um centro local de diabetes, onde você pode se sentar e aprender as coisas, diz Berger.

Um educador de diabetes certificado também pode fazer você conhecer os sinais de hipoglicemia, diz Munshi. Isso pode ocorrer às vezes quando você usa insulina, e outros fatores em sua vida, como dieta ou exercício, podem fazer com que seu açúcar no sangue chegue a níveis muito baixos. Você irá querer evitar a hipoglicemia o máximo possível.

Já existem adesivos com reservatório de insulina pode lhe fornecer a dose certa de insulina quando você mais precisa.

2 -Armazene sua insulina corretamente

Verifique as instruções da embalagem para as recomendações do fabricante sobre armazenamento, aconselha a enfermeira registrada e educadora certificada de diabetes Kristen Schroeder, do Departamento de Extensão Comunitária Holy Cross Hospital em Fort Lauderdale, Flórida. Os requisitos podem variar ligeiramente para cada empresa, mas uma constante que você encontrará é evitar temperaturas extremas. Um clima muito quente ou muito frio pode diminuir a eficácia da sua insulina, diz Schroeder.

Além disso, não guarde a insulina no espelho do banheiro ou na luz solar direta. Mesmo o porta-luva do seu carro pode ser muito quente, diz Mohamed Jalloh, farmacêutico na área de São Francisco e porta-voz da American Pharmacists Association.

3 – Mantenha a insulina que você está usando atualmente à temperatura ambiente

O resto pode ser armazenado na geladeira – e não no congelador.

4 – Limpe a área da pele onde você irá injetar com álcool

Trabalhe em círculos, começando no local onde planeja injetar, observa Berger. Certifique-se de que ele seque antes de injetar ou você poderá sentir alguma picada. Se você estiver usando um frasco e uma seringa, limpe a rolha de borracha em ambos com álcool também. Além disso, não role ou agite seu frasco de insulina, pois isso pode causar bolhas, diz Jalloh.

5 – Injete nas partes gordurosas da sua pele

Juntamente com a orientação de sua equipe de cuidados com diabetes, você pode encontrar tutoriais online com imagens que mostram áreas específicas onde você pode injetar, diz Munshi. De um modo geral, as áreas onde você deseja injetar são as partes gordurosas do seu abdômen, coxas e braços.

6 – Segure a agulha na pele por cinco a sete segundos

Isto é para se certificar de que toda a insulina seja injetada em seu corpo.

7 – Alternar os locais de aplicação da injeção

Se você é novo no uso de insulina, você pode pensar que é mais fácil injetar continuamente no mesmo local em seu corpo. No entanto, cada área de injeção de insulina precisa de algum tempo para curar. Além disso, se você sempre injetar no mesmo lugar, você vai construir tecido cicatricial lá, Jalloh diz. Em vez disso, alternar onde você injeta e ficar pelo menos 5 cm de distância da última área onde você injetou, Berger aconselha. Você também deve ficar 3 a 5 cm de distância do seu ombro e de qualquer cicatriz.

Schroeder recomenda o sistema de relógio para os pacientes. “Por exemplo, pela manhã, eles administram a insulina no lado esquerdo do abdômen, no almoço eles administram no lado direito do abdômen, no jantar eles administram insulina na coxa esquerda e na hora de dormir eles administram insulina à direita coxa “, explica ela.

8 – Aperte sua agulha de insulina antes de ajustar a dose de insulina que você precisa

“Eu sempre digo aos meus pacientes que busquem ‘a gota no topo’ da agulha antes de injetar”, diz Schroeder.

9 – Verifique duas vezes as datas de validade

“Cada tipo de insulina tem sua própria data de validade e duração da longevidade após a abertura”, diz Schoreder. Ela recomenda escrever a data em que você abriu a insulina no frasco da insulina ou na caneta para que você lembre quando foi aberto. Ocasionalmente, Berger viu pacientes quererem continuar usando insulina após sua data de validade para economizar dinheiro. No entanto, ela adverte contra isso porque o produto pode não funcionar de forma eficaz.

10 -Não reutilize uma agulha ou seringa

Se o fizer, pode causar uma infecção no local da injeção, diz Schroeder. Mude-o sempre. “Se os pacientes não possuírem recipientes apropriados de descarte de agulhas, podem usar frascos de detergente vazios como substituto”, diz Jalloh. No entanto, eles sempre devem procurar obter estes compartimentos apropriados.

11 – Defina um sistema para se lembrar de quando aplicou suas injeções

Com medicamentos tradicionais, como uma pílula, você pode usar uma caixa de pílulas para que você esteja pronto para tomar os medicamentos. Esse não é o caso da insulina, diz Munshi. Hoje em dia, configurar um alarme no seu telefone é uma maneira comum de lembrar sua dosagem de insulina.

 

http://health.usnews.com/


Similar Posts

Topo