Relógio monitora continuamente indicadores do diabetes

O monitor mede três componentes relacionados ao diabetes ou pré-diabetes – cortisol, glicose e interleucina-6.

Este “relógio” foi desenvolvido para medir três compostos fisiológicos relacionados ao diabetes usando apenas a perspiração normal da pele – não é preciso suar o braço para que ele funcione.

“Acreditamos ter criado o primeiro equipamento de diagnóstico de vestir capaz de monitorar esses compostos por até uma semana, o que vai além do tipo de monitores de uso único que estão no mercado hoje,” disse o Dr. Shalini Prasad, da Universidade do Texas em Dallas (EUA), que desenvolveu o relógio com seu colega Rujute Munje.

O aparelho, tecnicamente um biossensor de diagnóstico portátil, monitora o cortisol, a glicose e a interleucina-6. Embora os pesquisadores o chamem de “relógio”, ele não possui um marcador próprio; as informações são enviadas continuamente para um aplicativo no celular.

“Se uma pessoa tem estresse crônico, seus níveis de cortisol aumentam, e a resistência à insulina resultante vai fazer aumentar gradualmente os níveis de glicose além do nível normal,” explicou Prasad. “Nesse ponto, a pessoa pode-se tornar pré-diabética, o que pode progredir para a diabetes tipo 2, e assim por diante. Se isso acontecer, seu corpo fica sob um estado de inflamação, e esse marcador inflamatório, a interleucina-6, indicará que seus órgãos estão começando a ser afetados.”

História sobre a saúde

A fabricação do novo biossensor foi possível graças ao uso de um material chamado líquido iônico a temperatura ambiente, ou RTIL, na sigla em inglês (Room Temperature Ionic Liquid). É um gel que serve para estabilizar o microambiente na superfície das células da pele, permitindo realizar leituras diárias sem degradação do desempenho ao longo do tempo.

“Nós queríamos fabricar um produto que fosse mais útil do que algo descartável após um único uso. Ele também teria que depender apenas do seu suor normal, não uma quantidade enorme. E não é suficiente detectar apenas uma coisa. Medir múltiplas moléculas de forma combinatória e rastreá-las ao longo do tempo nos permite contar uma história sobre sua saúde,” disse Prasad.

A propaganda parece boa, mas também não se trata de um aparelho de uso contínuo. Embora dure mais do que os medidores de uso único, o sensor funciona por cerca de uma semana, precisando então ser trocado. Ainda não há previsão do custo do aparelho.

 

http://www.diariodasaude.com.br/


Similar Posts

Topo