Blog – Parte 15 – A sorte de TiaBeth

Sem poder trazer craques como Seedorf, o Botafogo vai precisar muito da sorte de TiaBeth para ser campeão novamente
Sem poder trazer craques como Seedorf, o Botafogo vai precisar muito da sorte de TiaBeth para ser campeão novamente

– Vamos comigo ao Maracanã ver  o jogo do Botafogo?   😮

– Claro. Vamos.   🙂

Para TiaBeth, não existe tempo ruim, sempre está na hora para se fazer algo. Dessa vez eu a convidei para assistir comigo ao jogo do Botafogo contra o Atlético-MG e, claro, ela topou. Eu havia comprado os ingressos pela internet antecipadamente para torcer junto com um amigo, mas ele não pôde ir devido a um imprevisto.

Pelo fato de eu e TiaBeth gostarmos de caminhar e até morarmos próximo, resolvemos caminharmos até o “Maraca”, local do jogo, com o passo acelerado. Atravessamos boa parte do bairro da Tijuca e ao chegarmos, percebi que TiaBeth estava com hipoglicemia. Muitas calorias foram perdidas pelo trajeto e seu nível de glicose estava muito baixo, a deixando desorientada.

Para minha surpresa, estava proibido a presença de vendedores ambulantes nos arredores do estádio. Assim, nada pude comprar para acabar com a hipo de TiaBeth. A proibição visava estimular o consumo dos famosos lanches “padrão FIFA” vendidos internamente no Maracanã. E para piorar as coisas, ainda faltava pegar os ingressos já comprados, do lado oposto de onde me encontrava.

Apesar da hipo de TiaBeth ir se agravando, resolvi ir com ela pegar os ingressos. Retornei segurando os bilhetes em uma mão e TiaBeth na outra, já quase não conseguindo mais ficar em pé. Fomos até dispensados da revista policial devido às suas condições ao entrarmos no estádio. Para solucionar o problema, precisávamos subir a rampa que chegava ao alto da arquibancada. TiaBeth subiu como quem subia o Himalaia sem máscara de oxigênio, e lá chegando, finalmente comprei-lhe uma coca-cola que foi tomada imediatamente.

Poucos depois, TiaBeth estava totalmente restabelecida e já nem lembrava mais do que havia ocorrido. Aquela foi a primeira vez que ela foi comigo ao Maracanã após sua reforma. TiaBeth não entrou em campo, mas mostrou ser uma torcedora “pé-quente”, levando sorte ao Botafogo que, com o craque Seedorf em campo, venceu a partida com facilidade por 4 x 2.

Agora promovida a amuleto vivo, a levarei de novo quando o time chegar à final.   😀

Graças ao pé-quente de TiaBeth o Botafogo venceu facilmente o Galo mineiro por 4 x 2.
Graças ao pé-quente de TiaBeth o Botafogo venceu facilmente o Galo mineiro por 4 x 2.

– Puxa, perdi a voz de tanto gritar gol.   😀

– Eu também. Você deu sorte para meu time. Vamos embora.   😮

– Está bom. Qual caminho vamos pegar agora?   🙄

– O caminho do táxi.   😉

 

Confira TiaBeth no Maracanã junto à torcida do Botafogo

marido-tiabeth
Ney Limonge é botafoguense, psicanalista, engenheiro elétrico e casado com Raquel Limonge, diabética do tipo 1 e protagonista das suas histórias. Escreve o blog Psicoanalisando quando lhe sobra tempo e também o Blog da TiaBeth. Ele não tem diabetes.

 


Similar Posts

Topo